terça-feira, 7 de setembro de 2010

Dilma sobe para 56% e Serra cai para 21% no sétimo dia de tracking da Vox

Foto Roberto Stuckter Filho
.             "Nada como ver a evolução de nosso trabalho em campanha em prol  do Brasil e da eleição de Dilma Vana Rousseff. Envolvimento de uma multidão de apoiadores, sendo que quando começamos nosso trabalho de apoio só se falava em Serra. Em índices altíssimos dele. Agora, vemos a reversão do quadro de 18% em 19 de dezembro de 2009, Dilma está com 56%. E Serra caiu vertiginosa e vergonhosamente de 39% em dezembro de 2009, para 21% hoje. Esperamos que caia mais.
.                Trata-se de um reflexo da capacidade de nossa candidata, dos seus apoios e da incompetência dos capachos da direita.
.                  Mas, não é nossa vitória. Pois, precisamos continar a campanha com afinco, pois eleições só se sabe após a apuração. Só com o envolvimento permanente da militância e dos candidatos iremos conquistar a vitória. Passos aparentemente pequenos  -como o comicio em Valparaiso de Goiás, onde também estiveram Agnelo e Iris Resende - são fundamentais para a conquista de Dilma Presidente." HC

No sétimo dia das medições do tracking Vox Populi/Band/iG para a eleição presidencial, a candidata do PT à presiddência, Dilma Rousseff, obteve 56% e o tucano José Serra 21% das intenções de voto.

Em relação ao primeiro dia da medição, no dia 1 º de setembro, a petista oscilou positivamente cinco pontos percentuais. O candidato tucano teve oscilação negativa de quatro pontos percentuais. A margem de erro é de 2,2 pontos. No dia 1º de setembro, Dilma tinha 51% e Serra 25%.
A candidata Marina Silva (PV), terceira colocada, manteve-se com 8% das intenções de voto. Brancos e nulos são 4%, indecisos somam 10%, mesmo índice do levantamento do dia anterior, e os outros candidatos têm 1%.
A pesquisa, publicada diariamente pelo iG, ouve novos 500 eleitores a cada dia. A amostra é totalmente renovada a cada quatro dias, quando são totalizados 2.000 entrevistados.
Na pesquisa espontânea, quando o nome do candidato não é apresentado ao entrevistado, Dilma oscilou positivamente um ponto e tem 45%, Serra por sua vez oscilou negativamente e marca 16%, um ponto a menos que na sondagem anterior. Marina Silva manteve-se com 6%.
A petista apresentou melhora de três pontos da região Sudeste, onde tem 49%. Serra oscilou negativamente três pontos, para 22%. Na região Centro-Oeste/Norte, Dilma passou de 55% para 54%, enquanto Serra ficou estável em 25%. Na região Sul, Dilma oscilou de 53% para 51% e Serra, de 25% para 24%. No Nordeste, Dilma passou de 71% para 70% e Serra, de 15% para 16%.

As informações são do Portal IG - citadas no portal do PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário